Prestadoras de serviços médicos sonegaram mais de R$ 65 milhões no ES, diz Receita Federal

Economia

Prestadoras de serviços médicos sonegaram mais de R$ 65 milhões no ES, diz Receita Federal

As empresas foram contratadas por grandes hospitais privados para os serviços médicos de atendimento em unidades normalmente executados em regime de plantão

A operação da Receita Federal visa combater o planejamento tributário abusivo e a sonegação de impostos Foto: Divulgação

Prestadoras de serviços médicos terceirizados que atuam no Espírito Santo estão sendo investigadas pela Delegacia da Receita Federal. Elas são acusadas de sonegar mais de R$ 65 milhões em impostos e contribuições federais nos últimos anos.

Essas empresas foram contratadas por grandes hospitais privados do Estado para os serviços médicos de atendimento em unidades de emergência, de tratamento intensivo e outras especialidades, normalmente executados em regime de plantão.

Na manhã desta terça-feira (30) foi deflagrada, pela Receita Federal, a Operação Esculápios de Ouro. O objetivo é combater o planejamento tributário abusivo e a sonegação de impostos. 

No período da tarde, a Receita Federal do Brasil apresentará todos os resultados da operação.