Produção de petróleo dos EUA deve compensar cortes da Opep, diz CEO da Rosneft

Economia

Produção de petróleo dos EUA deve compensar cortes da Opep, diz CEO da Rosneft

Redação Folha Vitória

São Petesburgo - A alta da produção de petróleo dos Estados Unidos deve compensar o efeito dos cortes promovidos pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), afirmou Igor Sechin, executivo-chefe da Rosneft, a estatal de petróleo da Rússia.

Discursando em um fórum econômico nesta sexta-feira, Sechin afirmou que a eficiência crescente dos produtores norte-americanos do xisto deve fazer a produção naquele país adicionar ao mercado mundial até 1,5 milhão de barris por dia em 2018.

Na semana passada, o cartel e outros dez países liderados pela Rússia concordaram em estender por mais nove meses, até o final de março do ano que vem, o corte de 1,8 milhão de barris por dia. O movimento é uma estratégia para conter a queda dos preços da commodity.

Para Sachin, os cortes ficam aquém das "medidas sistêmicas que poderiam levar a um equilíbrio no longo prazo". Fonte: Dow Jones Newswires.