Ex-secretário do Espírito Santo, Bruno Funchal é cotado para o lugar de Mansueto

Economia

Ex-secretário do Espírito Santo, Bruno Funchal é cotado para o lugar de Mansueto

Economista é um dos quatro nomes que serão analisados para assumir cargo do secretário do Tesouro Nacional, que pediu demissão e sai em agosto

Foto: Divulgação/Ales

O economista e ex-secretário de Estado da Fazenda no governo Paulo Hartung, Bruno Funchal, é um dos nomes cotados para substituir o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, que pediu demissão do cargo na última semana. Outros três integrantes do Ministério da Economia também são cotados: Caio Megale, Jeferson Bittencourt e Pricilla Maria Santana.

Os nomes estão sendo analisados por Mansueto, pelo ministro Paulo Guedes e pelo secretário especial de Fazenda da pasta, Waldery Rodrigues.

Funchal e mais um dos cotados são diretores de programa dentro da Secretaria Especial de Fazenda: o ex-secretário de Estado da Fazenda é diretor de Política de Recuperação Fiscal e Caio Megale, que já foi secretário de Fazenda no município de São Paulo.

Jeferson Bittencourt é o atual secretário adjunto de Waldery na Secretaria Especial de Fazenda. Outro nome analisado é o da subsecretária de Relações Financeiras Intergovernamentais do Tesouro, Pricilla Maria Santana.

Mansueto confirmou que deixará em agosto o posto que ocupa desde abril de 2018. Ele é um dos poucos remanescentes do governo Temer no alto escalão da equipe econômica – o atual secretário ingressou na pasta em 2016.

Com informações do Estadão Conteúdo