• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

China promete mais medidas direcionadas para ajudar economia

Economia

China promete mais medidas direcionadas para ajudar economia

Pequim - O governo da China vai utilizar mais medidas de apoio direcionadas para garantir uma taxa de crescimento estável, à medida que a economia continua a enfrentar pressões de baixa, apesar dos sinais de melhora, informou hoje a televisão estatal chinesa.

Segundo comunicado divulgado após reunião do Politburo do Partido Comunista, a China precisa prosseguir com um amplo programa de reformas no restante do ano. Essas reformas, dizia o comunicado citado pela TV local, oferecerão "apoio fundamental" para a economia.

O comunicado também reiterou a orientação atual do Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês) de manter uma política monetária prudente, embora com algumas áreas de flexibilidade para garantir liquidez adequada à economia.

Não há detalhes sobre novas medidas direcionadas, mas Pequim tem buscado ampliar os gastos com projetos de infraestrutura, oferecer isenções tributárias e reduzir a burocracia. O comunicado também garantiu que o governo chinês vai manter inalteradas as políticas fiscais de apoio.

A China vem implementando uma ampla gama de reformas, incluindo a maior abertura do setor financeiro e a atração de mais capital privado para setores dominados pelo Estado.

O crescimento da China vem desacelerando em meio ao enfraquecimento da demanda doméstica e global, embora tenha avançado a um ritmo anual um pouco mais forte do que o esperado no segundo trimestre, de 7%. A meta de expansão do governo para este ano é de algo em torno de 7%.

O emprego, descrito como "basicamente estável" no comunicado, tem sido uma das áreas positivas da economia chinesa. Fonte: Dow Jones Newswires.