Ford terá parada técnica e férias coletivas nas fábricas do ABC e de Taubaté

Economia

Ford terá parada técnica e férias coletivas nas fábricas do ABC e de Taubaté

Redação Folha Vitória

São Paulo - A Ford informou na noite desta quinta-feira, 2, que vai promover "parada técnica" de produção e férias coletivas para trabalhadores nas fábricas de São Bernardo do Campo e Taubaté, respectivamente, no ABC e no interior paulista. De acordo com a montadora, as medidas têm o objetivo de ajustar o ritmo de produção à atual demanda do mercado.

Em São Bernardo, a produção de carros e caminhões ficará totalmente paralisada de 13 a 17 de julho. Será a segunda medida de corte de produção na unidade em menos de um mês. De 22 a 30 de junho, a fabricação de caminhões ficou parada. Na fábrica, já há cerca de 200 empregados em lay-off desde maio até outubro.

Já em Taubaté, metalúrgicos da fábrica de motores entrarão em férias coletivas de 13 a 31 de julho, enquanto os trabalhadores da produção de motores ficarão em casa no período de 20 a 31 deste mês. Na unidade, cerca de 137 funcionários foram demitidos pela montadora no fim de março.

A Ford informou que, a princípio, não estão previstas paradas na fábrica de Camaçari (BA) durante o mês de julho. Na unidade, a produção ficou totalmente paralisada de 25 de maio a 4 de junho, período no qual a empresa concedeu férias coletivas aos funcionários.