França fará tudo para manter Grécia na zona do euro, diz primeiro-ministro

Economia

França fará tudo para manter Grécia na zona do euro, diz primeiro-ministro

Redação Folha Vitória

Paris - O governo da França vai "fazer tudo" para garantir que a Grécia permaneça na zona do euro, afirmou hoje o primeiro-ministro do país, Manuel Valls, dois dias após os gregos rejeitarem uma proposta de resgate dos credores do país em plebiscito organizado por Atenas.

"A França está convencida de que não podemos admitir o risco de a Grécia deixar a zona do euro", disse Valls a uma rádio francesa. Segundo o premiê, uma eventual saída dos gregos ameaçaria o crescimento econômico mundial e representaria um significativo risco político.

Ontem, após reunião em Paris, o presidente francês, François Hollande, e a chanceler alemã, Angela Merkel, apelaram à Grécia que apresente novas propostas para evitar sua expulsão da zona do euro, deixando as portas abertas para novas negociações.

Diante da crescente crise econômica da Grécia, vem aumentando a pressão sobre os líderes da França e Alemanha para que elaborem uma estratégia conjunta para a questão.

Nesta terça-feira, líderes e ministros de Finanças da zona do euro farão reuniões para discutir uma possível solução para a Grécia. Fonte: Dow Jones Newswires.