• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Carnê de IPTU começa a ser distribuído em DM e prazo de pagamento segue até agosto

Economia

Carnê de IPTU começa a ser distribuído em DM e prazo de pagamento segue até agosto

Prazo para pagamento em cota única encerra no dia 31 de agosto

Desde a segunda-feira (10), os carnês referentes ao pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) começaram a ser distribuídos e Domingos Martins. Neste ano, o vencimento será até o mês de agosto e há a opção de pagamento em cota única com desconto de 17% ou parcelamento em até três vezes.

Para os moradores que optarem pelo pagamento em cota única, o prazo segue até o dia 31 de agosto, já na opção parcelada, o primeiro vencimento também será no dia 31 e as demais parcelas vencem em 30 de setembro e 31 de outubro. O IPTU pode ser recebido pelo Banco do Brasil, Sicoob, Banestes, Caixa Econômica Federal, casas lotéricas e correspondentes bancários.

No caso de Campinho, os carnês serão entregues pelos Correios e na zona rural (Pedra Azul, Paraju, Ponto Alto, Perobas, Santa Isabel, Vale da Estação, Biriricas e Melgaço) o imposto está disponível no posto dos Correios da comunidade. Será possível emitir a 2ª via aqui (linkar).

Os moradores que estiverem com dívidas pendentes devem procurar a Gerência de Administração de Tributos, na Casa do Cidadão, em Campinho e solicitar a regularização. Vale lembrar que pessoas com idade superior a 60 anos, com renda familiar mensal total de até dois salários mínimos e Portadores de deficiência física ou doença grave incurável também têm direito à isenção, desde que incapacitados para o exercício da atividade laborativa, com renda familiar mensal total de até dois salários mínimos, estão isentos da dívida. Ambos devem ser titular exclusivo de um único imóvel utilizado exclusivamente para sua residência.

Aviso

O carnê deste ano apresenta um erro de impressão em relação ao pagamento de taxas. O valor impresso para iluminação pública na verdade é referente a coleta de lixo. Apesar do erro, segue normalmente.