• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Prêmio Líder Empresarial 2019: Cristhine Samorini - Grafitusa

PRÊMIO LÍDER EMPRESARIAL 2019

Economia

Prêmio Líder Empresarial 2019: Cristhine Samorini - Grafitusa

Cristhine foi a vencedora na categoria Líder Revelação com 33.83% dos votos

Gustavo Fernando

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

Graduada em Administração de Empresas pela Universidade de Vila Velha (UVV), Cristhine Samorini exerce o cargo de Diretora Comercial na Grafitusa S/A, empresa com 99 anos de história e a marca de ser a primeira indústria gráfica do Espírito Santo. 

No campo institucional, Cristhine possui forte envolvimento com o associativismo há mais de duas década, onde demonstrou a capacidade de liderança no Sindicato das Indústrias Gráficas do Espírito Santo, na Findes e, especialmente no Centro da Indústria do Espírito Santo (Cindes). 

Que características a levaram a ser reconhecida como uma grande líder em seu segmento?
Exercer a liderança nos tempos atuais exige atenção para dois desafios importantes: a mudança no perfil da nova geração de profissionais e a forma descentralizada de gestão moderna, cada vez mais integrada e multidisciplinar. Ser um bom líder, portanto, passa longe da visão antiga do comandante fechado em sua sala, sempre pronto a dar ordens. O líder é, na verdade, aquele que primeiro percebe as transformações e conduz o time por caminhos mais produtivos e eficazes.

Que pensamento deixaria para quem busca ser um líder? 
Percepção, tino, faro e feeling. Não faltam expressões para tentar definir essa característica peculiar do bom líder, que vai sendo aperfeiçoada pelo tempo. Tive a oportunidade de começar muito cedo, o que agregou muita experiência à minha carreira. Também é preciso estudar e aprender todos os dias: ler bons livros, participar de workshops e seminários; se modernizar. Entramos na era da indústria 4.0, um tempo em que máquinas “conversam” entre si e tomam decisões a partir de bases de dados gigantescas em frações de segundo. Não há experiência capaz de assimilar tantas transformações. É preciso ter humildade e encarar o desafio como uma sala de aula. O maior esforço é, na verdade, integrar interesses em um mesmo propósito. E isso só é possível por meio do diálogo, outra habilidade fundamental para um líder. Melhor que o protagonismo é o bem coletivo. Abdicar do ego, saber que as melhores ideias não partirão sempre de você, é essencial para conseguir resultados melhores.