Geração eólica alcança capacidade de 7 GW de energia no Brasil

Economia

Geração eólica alcança capacidade de 7 GW de energia no Brasil

Como há grande concentração de projetos no Nordeste, a representatividade dos parques eólicos para a região é ainda mais expressiva: 3.269 MW em julho, o equivalente a 33% da carga

Redação Folha Vitória
Somente em 2014 a energia dos ventos teve geração total de 12 TWh Foto: ​Divulgação

São Paulo - O parque gerador brasileiro já tem mais de 7 GW de capacidade instalada de energia oriunda de usinas e complexos eólicos, informou nesta sexta-feira, 07, a Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica). São, ao todo, 281 parques eólicos instalados em 11 Estados e capacidade equivalente a 5% da matriz elétrica brasileira.

De acordo com a entidade, a marca de 7 GW foi alcançada após a instalação de três parques eólicos no Rio Grande do Norte. Neste momento, o segmento eólico tem capacidade para produzir 7.068 MW (7,068 GW).

"Somente em 2014 a energia dos ventos teve geração total de 12 TWh e representou um benefício líquido para o sistema de mais de R$ 5 bilhões evitando o alto custo do despacho térmico", destacou em nota a presidente da ABEEólica, Elbia Silva Gannoum.

Como há grande concentração de projetos no Nordeste, a representatividade dos parques eólicos para a região é ainda mais expressiva. No dia 30 de julho, destaca a entidade, a produção eólico atingiu 3.269 MW, o equivalente a 33% da carga do respectivo subsistema.

Projeções

Na semana passada, em entrevista ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, a presidente da ABEEólica revelou que a capacidade instalada dos parques eólicos brasileiros deve alcançar 9,8 GW até o final do ano, aumento de quase 60% em relação aos 6 GW do início de 2015. "No ano passado fomos o quarto país do mundo em ampliação de capacidade, com 2,4 GW. Neste ano, é possível que a gente supere a Alemanha e nos tornemos o terceiro mercado de maior crescimento, atrás apenas de China e Estados Unidos", afirmou.

A previsão de longo prazo da ABEEólica indica que, em 2023, o setor alcançará capacidade instalada de 27 GW. A previsão do governo, segundo a entidade, é mais discreta, de 23 GW de potência.