ONS vai pedir aumento de vazão em Três Marias para aliviar Sobradinho

Economia

ONS vai pedir aumento de vazão em Três Marias para aliviar Sobradinho

Redação Folha Vitória

Rio - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) vai levar, na próxima quarta-feira, 19, à Agência Nacional de Águas (ANA) o pedido de mudança na vazão da usina de Três Marias, em Minas Gerais. O objetivo é preservar o reservatório de Sobradinho, na Bahia, também no Rio São Francisco. Em agosto, o reservatório de Sobradinho está com volume abaixo de 15%.

A expectativa do governo é que até novembro o nível dos reservatórios do País fique em 30%, em média. Até hoje, entretanto, o volume está em torno de 37%, segundo o diretor-geral do ONS Hermes Chipp. Segundo ele, outubro será um mês "fundamental" para avaliar o nível dos reservatórios e definir as previsões para o próximo ano.

"Para a transição, outubro é um mês fundamental. Tem que esperar até lá. No fim de novembro, os reservatórios devem chegar a 30%. Hoje, está em 37%. A hidrologia este ano está melhor, a oferta está aumentando e o consumo está menor", avalia o diretor.

Segundo ele, a previsão é de uma redução de 2% no consumo de energia neste ano, o que permitiu o desligamento de 21 termelétricas mais caras. O governo não descarta religar as usinas, em caso de piora do cenário, assim como novos desligamentos serão estudados, a depender dos resultados das chuvas até outubro.

"A gente acompanha mês a mês. Se tivermos certa segurança, informações que permitam reduzir o custo de operação adicionalmente, vamos fazer. E se houver reversão, também (vamos) pedir para voltar", afirmou o diretor geral.

Na avaliação de Chipp, o cenário atual é de melhora em relação a 2014. "Não está um número espetacular, mas está melhor do que o último ano. A carga está caindo e a oferta aumentando. Tudo isso está sendo favorável para reduzir o custo de operação e chegar a uma situação de segurança muito melhor do que o ano passado", afirmou Chipp.