Procura de consumidor por crédito cresceu 8,5% em julho, segundo a Serasa

Economia

Procura de consumidor por crédito cresceu 8,5% em julho, segundo a Serasa

Redação Folha Vitória

São Paulo - A demanda do consumidor por crédito avançou 8,5% em julho ante junho, segundo pesquisa da Serasa Experian. Na comparação com julho de 2014, o aumento foi de 7,0%. No acumulado do ano, a procura tem alta de 5,1% ante igual intervalo de 2014.

De acordo com os economistas da Serasa, o movimento da procura por crédito em julho foi influenciado pela maior quantidade de dias úteis (23, contra 21 de junho). Fazendo o ajuste por dias úteis, a demanda do consumidor por crédito teria recuado 0,9%, refletindo as dificuldades de cenário econômico atual. Da mesma forma, a Copa do Mundo do Brasil, que se encerrou no dia 13 de julho do ano passado, enfraqueceu a base de comparação na relação anual.

A demanda do consumidor por crédito cresceu em todas as faixas de renda em julho na margem, com destaque para a alta 9% para quem ganha entre R$ 500 e R$ 1.000. Na faixa de quem recebe até R$ 500, o avanço foi de 8,5%. Para os consumidores com rendimentos entre R$ 1.000 e R$ 2.000, o crescimento foi de 8,3%. Para os que ganham mais de R$ 10.000, a alta foi de 8,1%. Na faixa entre R$ 2.000 e R$ 5.000, a demanda subiu 8,0%. E para os consumidores com salário entre R$ 5.000 e R$ 10.000, a procura aumentou 7,8%.

Também houve alta em todas as regiões. O maior avanço foi no Centro-Oeste (9,4%), seguido do Sul (9,0%), Nordeste (8,3%), Sudeste (8,3%) e Norte (8,0%).