Produção de petróleo no País recua 0,7% em junho ante maio, diz ANP

Economia

Produção de petróleo no País recua 0,7% em junho ante maio, diz ANP

á a produção de gás natural totalizou 95,5 milhões de metros cúbicos por dia, avanço de 2,6% ante maio. Na comparação com junho de 2014, o crescimento foi ainda mais intenso, de 10,3%

Redação Folha Vitória
A produção de petróleo e gás natural no Brasil atingiu 2,997 milhões de barris  Foto: Divulgação

Rio - A produção de petróleo e gás natural no Brasil atingiu 2,997 milhões de barris de óleo equivalente (boe) por dia no mês de junho, informou nesta quarta-feira, 05, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Desse total, houve produção de 2,396 milhões de barris de petróleo por dia, uma queda de 0,7% em relação a maio, segundo a agência. Apesar disso, o volume produzido foi 6,7% maior do que em junho do ano passado.

Já a produção de gás natural totalizou 95,5 milhões de metros cúbicos por dia, avanço de 2,6% ante maio. Na comparação com junho de 2014, o crescimento foi ainda mais intenso, de 10,3%, anunciou a ANP.

O aproveitamento do gás natural no mês foi de 96,2%. A queima de gás natural em junho foi de 3,6 milhões de metros cúbicos por dia, alta de 12,9% contra maio e redução de 15,1% em relação a junho do ano passado.

No pré-sal, a produção de junho foi 3,4% maior do que em maio, chegando aos 926,1 mil barris de óleo equivalente por dia pela primeira vez rompendo a marca dos 900 mil boe/d, destacou a agência. A produção, oriunda de 52 poços, foi de 751,2 mil barris de petróleo por dia e de 27,8 milhões de metros cúbicos de gás natural.

Segundo a ANP, 92,7% da produção de petróleo e gás natural no Brasil foram provenientes de campos operados pela Petrobras. Além disso, 93,3% da produção de petróleo e 75,9% da produção de gás natural do Brasil foram extraídos de campos marítimos.

O campo de Roncador, na bacia de Campos, foi o de maior produção de petróleo, com uma média de 371,1 mil barris por dia. Já o campo de Lula, na bacia de Santos, foi o maior produtor de gás natural, com uma produção média de 13,1 milhões de metros cúbicos por dia. Entre as plataformas, a P-52, localizada no campo de Roncador, produziu cerca de 160 mil barris de óleo equivalente por dia por meio de 17 poços, figurando como a unidade com maior produção.