Avanço dos gastos fiscais na China desacelera em julho

Economia

Avanço dos gastos fiscais na China desacelera em julho

Redação Folha Vitória

Pequim - O avanço dos gastos fiscais da China desaceleraram em julho após um forte crescimento no primeiro trimestre, enquanto o governo reportou uma aumento das receitas fiscais, de acordo com dados oficiais divulgados hoje.

O governo chinês gastou 1,35 trilhão de yuans (US$ 202,7 bilhões) em seu orçamento fiscal em julho, uma alta de 5.4% ante o ano anterior, disse o Ministério das Finanças. A taxa recuou ante uma alta de 19,1% em junho.

Nos primeiros sete meses do ano, os gastos fiscais subiram 14,5% comparado com o mesmo período no ano anterior. O ministério ainda disse que as receitas fiscais avançaram 11,1% no ano, a 1,65 trilhões em julho, graças ao forte crescimento nas vendas de terras. No período de janeiro a julho, as receitas fiscais aumentaram 10%, disse o Ministério.

O governo chinês ganhou 2,34 trilhões com vendas de terras nos primeiros sete meses, uma anta anual de 37,3%. Fonte: Dow Jones Newswires.