• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Azul Cargo tem primeira aeronave própria para cargas

Economia

Azul Cargo tem primeira aeronave própria para cargas

São Paulo - A companhia aérea Azul decidiu tornar uma de suas aeronaves turboélice ATR 72 de uso exclusivo para o transporte de cargas. A retirada dos assentos do avião para a utilização de todo o espaço interno no transporte de carga já era realizada pela empresa para voos noturnos, em uma operação chamada quick-change. Mas agora a aeronave ficará dedicada à divisão de cargas da empresa, a Azul Cargo.

O ATR 72 terá capacidade para transportar até seis toneladas e inicialmente deverá realizar voos noturnos ligando as cidades de Porto Alegre, Campinas (SP), Belo Horizonte e Rio de Janeiro (Galeão). "A operação desse modelo de aeronave cargueira é parte da estratégia da Azul Cargo para oferecer ao mercado regional brasileiro mais opções de transporte de cargas pesadas e sensíveis, além da possibilidade de fretamentos de carga nessas regiões", afirmou o diretor da Azul Cargo, Claudio Fonseca, lembrando que por meio do hub (centro de conexões) em Campinas, a empresa também pode transportar as cargas às regiões Norte e Nordeste.

A intenção da Azul é iniciar a operação em outubro, mas a definição exata das rotas e da frequência de voos ainda depende da aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A companhia também pretende realizar voos cargueiros entre Recife e Fernando de Noronha, o que está previsto para novembro. Com o início desta rota, a Azul se tornará a primeira companhia a oferecer transporte cargueiro aéreo para a ilha, que até agora apenas é atendida pelo transporte marítimo de cargas, informou a empresa. "Pretendemos atender à necessidade de rápido transporte de mercadorias entre a ilha e o continente", diz Fonseca.

A Azul ainda planeja utilizar os porões dos recém chegados A330 para o transporte de cargas. As aeronaves, que estão sendo incorporadas à frota para serem utilizadas nos voos internacionais da companhia, a serem iniciados em dezembro, farão também algumas rotas domésticas a partir de Campinas para Recife e Manaus, informou a empresa, sem dar outros detalhes.

De janeiro a agosto, a Azul transportou 16,43 mil de toneladas de cargas pagas, volume 62% maior que as 10,12 mil toneladas transportadas em igual etapa de 2013, de acordo com dados da Anac. Com isso, a companhia respondeu por 6,5% do mercado de transporte doméstico de cargas, atrás de TAM, Gol e Absa e com fatia semelhante às de Sideral e Avianca.

A empresa não informou o montante de investimento nas novas operações de carga ou sua previsão de crescimento com as novas operações. A Azul Cargo iniciou suas atividades em agosto de 2009, com transporte de cargas entre os aeroportos de Viracopos, Fortaleza, Recife e Salvador. Atualmente, conta com 129 lojas espalhadas pelo País, com foco nas remessas de cargas e encomendas expressas. A Azul não informa qual a receita de sua divisão de cargas ou a participação no total de receitas da companhia.