• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

CNDL/SPC: atrasos mais longos indicam confiança menor

Economia

CNDL/SPC: atrasos mais longos indicam confiança menor

Brasília - O fato dos atrasos de pagamento superiores a 90 dias representarem 91,97% das dívidas dos consumidores em agosto revela as dificuldades crescentes dos brasileiros em honrar seus compromissos. A avaliação é da economista da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Marcela Kawauti, que destaca que os atrasos ficam mais longos à medida que a confiança dos consumidores recua.

"As pessoas já estão desconfiadas em relação ao seu futuro até mesmo em termos de emprego. Além disso, há uma questão cultural do brasileiro de se endividar até o limite, ficando sem folgas no orçamento", afirmou a economista.

Segundo ela, apesar dos dados de agosto de inadimplência acenderem uma "luz amarela" para as empresas e o comércio, o Brasil não estaria perto de uma crise de atrasos generalizados. "Não projetamos nenhuma alteração de conjuntura no próximo período. Por isso, a inadimplência deve continuar no patamar atual (crescimento de 5% ao ano) até o fim de 2014", completou Marcela.

Mais uma vez, os setores de água e luz (16,98%) e de comunicação (11,38%) apresentaram os maiores crescimentos no número de clientes inscritos no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) na comparação com agosto do ano passado. "As pessoas estão deixando de pagar até mesmo contas básicas para consumir. No caso de telefonia, internet e TV paga, os dados mostram que muitos consumidores estão sendo convencidos a contratarem serviços que não podem pagar", avaliou.