Protesto de caminhoneiros já deixa postos sem combustíveis em cidades do ES

Economia

Protesto de caminhoneiros já deixa postos sem combustíveis em cidades do ES

Segundo sindicato de postos, em localidades do interior do Espírito Santo já há registro de falta dos produtos nas bombas

Marcelo Pereira

Redação Folha Vitória
Foto: Leitor | Whatsapp Folha Vitória
Caminhoneiros em Cachoeiro de Itapemirim não deixam que caminhões com combustíveis sigam viagem

A manifestação de caminhoneiros em estradas federais e estaduais do Espírito Santo, que já dura dois dias, começa a afetar o abastecimento de combustíveis. 

Devido ao atraso na entrega, alguns postos do interior do Estado já começam a registrar falta dos produtos, especialmente da gasolina. Não foram especificadas quais cidades.

A informação é do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindipostos-ES). 

De acordo com o Sindipostos, em situações normais, os estoques dos postos duram de dois a três dias. 

"Caso os bloqueios permaneçam por mais dias, é possível que a falta de produtos se generalize", destacou.

Na noite desta quarta-feira (08), de acordo com a atualizações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os protestos e paralisações dos motoristas de cargas ocupavam 15 pontos de rodovias federais e estaduais no Espírito Santo

De acordo com a PRF, havia 10 pontos de concentração dos manifestantes na BR- 101, dois na BR-262, dois na 482 e um na 447. 

Os manifestantes liberam a passagem para automóveis, ambulâncias, coletivos, veículos de carga perecível e carga viva. Já os outros veículos de carga estão sendo impedidos de continuarem a viagem. 

A reportagem vem tentando contato com representantes do movimento, mas até o momento não houve retorno. Os manifestantes não divulgaram a motivação dos protestos.

Supermercados

A reportagem demandou a Associação Capixaba de Supermercados (Acapes) sobre os estoques de mercadorias e se haveria crise de abastecimento com a manutenção do movimento dos caminhoneiros. Quando a resposta for enviada a matéria será atualizada. 

Leia também: Caminhoneiros fazem paralisações e manifestações em 15 trechos de rodovias no ES