• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

NY: dólar cai diante do euro e reduz alta frente ao iene

Economia

NY: dólar cai diante do euro e reduz alta frente ao iene

A próxima reunião do Fed será em 28 e 29 de outubro e a expectativa é de que seja anunciado o fim do programa de estímulo à economia por meio de compras de bônus

Nova York - O dólar caiu diante do euro, da libra e do franco suíço e reduziu sua alta frente ao iene depois da divulgação da ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve, realizada em setembro. O documento revelou que os dirigentes do Fed estão preocupados com o impacto negativo que um dólar valorizado pode ter nas exportações e na economia dos EUA.

"A ata destaca que o Fed pensa que um dólar forte tem um impacto econômico, e que esse impacto é negativo. Portanto, há limites para quão forte o dólar pode ficar antes de começar a pesar na economia", disse a estrategista Camilla Sutton, do Scotiabank. Ela acrescentou que a ata indica que o Fed será paciente antes de passar a elevar as taxas de juro de curto prazo. "A expectativa do mercado, de que teríamos uma elevação das taxas de juro em julho de 2015, foi jogada para agosto. A ata diz, com a ressalva de que isso dependerá dos indicadores, que é improvável que um aperto aconteça mais cedo do que os mercados estão precificando", disse Sutton.

Já o estrategista Vassili Serebriakov, do BNP Paribas, lembrou que a queda da taxa de desemprego para 5,9% em setembro deve manter a expectativa do mercado para a primeira elevação das taxas de juro em meados de 2015. "Vimos alguma realização de lucros com posições compradas em dólar nesta semana. A ata do Fed pode encorajar um pouco mais desse movimento, mas não é provável que ela mude a visão dos investidores sobre a perspectiva do dólar no longo prazo", acrescentou.

A próxima reunião do Fed será em 28 e 29 de outubro e a expectativa é de que seja anunciado o fim do programa de estímulo à economia por meio de compras de bônus.

No fim da tarde em Nova York, o euro estava cotado a US$ 1,2738, de US$ 1,2672 ontem; o iene estava cotado a 108,14 por dólar, de 107,98 por dólar ontem. Frente à moeda japonesa, o euro estava cotado a 137,72, de 136,82 ontem. Diante da libra, o euro estava cotado a 0,7877, de 0,7873 ontem. O franco suíço estava cotado a 0,9518 por dólar, de 0,9568 por dólar ontem, e a 1,2122 por euro, de 1,2124 por euro ontem. A libra estava cotada a US$ 1,6172, de US$ 1,6098 ontem. O dólar australiano estava cotado a US$ 0,8846, de US$ 0,8818 ontem. Fonte: Dow Jones Newswires.