• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

NY: Dólar se valoriza com sinais de melhora na economia

Economia

NY: Dólar se valoriza com sinais de melhora na economia

Nova York - O dólar atingiu seu maior valor frente ao iene em duas semanas e meia, puxado pelo aumento da rentabilidade dos títulos de dívida dos EUA, que se tornaram mais atraentes para investidores japoneses, e pela alta das bolsas de Nova York.

Os dados econômicos positivos dos EUA, da China e da Europa, divulgados hoje, minimizaram a aversão a risco, alimentando o apetite por ações, ao mesmo tempo em que a busca pela segurança dos Treasuries diminuiu.

Segundo a regional de Chicago do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), o índice de atividade nacional subiu para +0,47 em setembro, de -0,25 em agosto, num ritmo que superou a média histórica. O índice de indicadores antecedentes calculado pelo Conference Board, por sua vez, avançou 0,8% em setembro, acelerando frente à alta de 0,2% em agosto. Já a média móvel de pedidos de auxílio-desemprego de quatro semanas, calculada para suavizar a volatilidade do dado, recuou 3.000 na semana passada, para 281 mil, o menor nível desde maio de 2000.

Para o analista do BNP Paribas, Vassili Serebriakov, os dados de auxílio-desemprego reforçam a expectativa de que o Fed poderá antecipar a alta dos juros. Taxas mais altas podem impulsionar o dólar, já que elevam o retorno dos investimentos feitos em moeda americana.

Na China, o índice dos gerentes de compras (PMI) industrial, medido pelo banco HSBC, avançou para 50,4 em outubro, de 50,2 em setembro - o melhor resultado em três meses -, de acordo com números preliminares.

Na Europa, o PMI composto da zona do euro, que inclui indústria e serviços, superou as expectativas do mercado ao subir para 52,2 neste mês, de 52,0 em setembro.

No fim da tarde em Nova York, o dólar era cotado a 108,25 ienes, de 107,14 ienes ontem. O euro, por sua vez, valia US$ 1,2647, praticamente estável em relação a ontem, quando era negociado a US$ 1,2646. Frente à moeda japonesa, o euro estava cotado a 136,94 ienes, de 135,50 ontem. Diante da moeda do Reino Unido, o euro era negociado a 0,7889 libra, de 0,7881 ontem. O franco suíço estava cotado a 0,9539 por dólar, de 0,9540 por dólar ontem, e a 1,2066 por euro, de 1,2062 por euro ontem. A libra estava cotada a US$ 1,6028, de US$ 1,6050 ontem. O dólar australiano era negociado a US$ 0,8760, de US$ 0,8784.(Francine De Lorenzo, com informações da Dow Jones Newswires - [email protected])