CNA acusa Banco do Brasil de venda casada na liberação de crédito agrícola

Economia

CNA acusa Banco do Brasil de venda casada na liberação de crédito agrícola

Redação Folha Vitória

Brasília - O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins da Silva Junior, disse ter apresentado ao Banco do Brasil provas de venda casada em agências da instituição. Produtores rurais estariam sendo levados a comprar outros produtos junto com a contratação do crédito agrícola.

"Nós provamos que o BB está fazendo chantagem em cima do produtor. Levamos provas de venda casada. Isso encarece o custo de produção", afirmou após a abertura do evento "Diálogo agrícola Brasil-Estados Unidos", promovido pela CNA.

O executivo defendeu a ampliação do seguro rural como forma de diminuir riscos e, consequentemente, o custo dos financiamentos. "Não podemos mais ficar a mercê de seguro insignificante, que não cobre nem 4% da nossa área e menos de 20% da nossa produção", avaliou. "Se tivermos seguro agrícola com cobertura de 50% da produção, teremos facilidade de buscar recursos", afirmou.