• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bancários do ES podem acabar com greve após reunião nesta quinta-feira

Economia

Bancários do ES podem acabar com greve após reunião nesta quinta-feira

O Comando Nacional dos Bancários vai indicar aprovação da negociação e o fim da greve. Segundo o sindicato capixaba, a recomendação é seguir a orientação nacional

A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs aos trabalhadores um reajuste nominal de 8% Foto: Agência Brasil

Os bancários do Espírito Santo se reúnem na noite desta quinta-feira (6), às 19 horas, no Sindibancários-ES. O Comando Nacional dos Bancários vai indicar aprovação da negociação e o fim da greve.

Segundo informações do sindicato capixaba, a recomendação é seguir a orientação nacional.

Em reunião com a categoria na noite de ontem, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) propôs aos trabalhadores um reajuste nominal de 8% nos salários e abono de R$ 3,5 mil. 

Além do reajuste e do abono, os bancos ofereceram reajuste de 10% no vale refeição e no auxílio creche-babá e 15% para o vale alimentação. Em 2017 haveria a correção integral no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado, com aumento real de 1% em todos os salários e demais verbas. 

Os trabalhadores reivindicam reajuste de 14,78%, sendo 5% de aumento real, considerando inflação de 9,31%; participação nos lucros e resultados (PLR) de três salários acrescidos de R$ 8.317,90; piso no valor do salário mínimo do Dieese (R$ 3.940,24), e vales alimentação, refeição, e auxílio-creche no valor do salário mínimo nacional (R$ 880). Também é pedido décimo quarto salário, fim das metas abusivas e do assédio moral.

A greve dos bancários já dura 31 dias de paralisação.