• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cinco dias após fim da greve, capixabas ainda enfrentam longas filas nos bancos

Economia

Cinco dias após fim da greve, capixabas ainda enfrentam longas filas nos bancos

A semana continua sendo de testes de paciência para os cidadãos capixabas que precisam de serviços bancários. Agências da Grande Vitória permanecem lotadas

Em uma agência localizada na Avenida Presidente Florentino Avidos, em Vitória, longas filas foram formadas por clientes à espera de atendimento Foto: Breno Ribeiro

Os bancários do Espírito Santo retomaram às atividades normais na última sexta-feira (07), após aceitarem a proposta de reajuste de 8% nos salários em 2016, com acréscimo de abono de R$ 3,5 mil, feita pela Federação Nacional dos Bancos, em reunião na última quinta-feira (06).

No entanto, assim como no primeiro dia pós-greve, a semana está sendo complicada para os cidadãos capixabas que precisam de serviços bancários. Em uma agência localizada na Avenida Presidente Florentino Avidos, em Vitória, longas filas foram formadas por clientes à espera de atendimento.

A greve dos bancários foi encerrada em 19 Estados na última quinta (06), nas instituições privadas e no Banco do Brasil. No dia seguinte, os funcionários da Caixa voltaram a realizar assembleia e aceitaram a proposta de reajuste salarial.

A paralisação durou mais de um mês e a população teve que aguardar a negociação entre bancários e Fenaban, que teve início no dia 29 de agosto. A proposta final veio apenas no trigésimo dia da greve da categoria, que bateu recorde de agências fechadas no Espírito Santo – 359 na quarta-feira (05).

Medidas para agilizar o serviço 

As agências da Caixa Econômica Federal abriram uma hora mais cedo nesta segunda-feira, 10, e terça-feira, 11. O horário de funcionamento vai mudar para agilizar o atendimento ao público após o encerramento da greve dos bancários. De acordo com o banco, todos os serviços estão disponíveis normalmente.