Embaixador da UE reafirma meta de fechar acordo com Mercosul em dezembro

Economia

Embaixador da UE reafirma meta de fechar acordo com Mercosul em dezembro

Nos bastidores, poucos acreditam que será possível anunciar algo no final deste ano. A próxima rodada de negociação ocorrerá entre os dias 6 e 10 de novembro

Em reunião com o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, o chefe da Delegação Europeia no Brasil, embaixador João Gomes Cravinho, reafirmou a meta de fechar um "acordo político" entre Mercosul e União Europeia em dezembro. "Estamos confiantes de que, cada lado fazendo sua parte, chegaremos a bom termo", declarou o ministro brasileiro, segundo informou sua assessoria.

As negociações do acordo comercial passam por um momento delicado. A meta de fechar a parte principal dos entendimentos até dezembro ficou sob ameaça depois da última rodada de negociações, quando os europeus trouxeram ofertas para o comércio de carne e etanol que o bloco sul-americano considerou inaceitáveis. Nos bastidores, poucos acreditam que será possível anunciar algo no final deste ano. A próxima rodada de negociação ocorrerá entre os dias 6 e 10 de novembro.

Segundo a assessoria do ministério, Pereira receberá no final da rodada o vice-presidente da Comissão Europeia para assuntos de Emprego, Crescimento, Investimento e Competitividade, Jyrki Katainen, para uma avaliação política sobre os avanços obtidos no nível técnico.

A pasta espera avanços na parte do acordo que trata da propriedade intelectual. No último dia 4, foi assinado um projeto piloto entre o Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (Inpi) e o Escritório Europeu de Patentes (EPO). A melhoria na gestão do Inpi, como o aumento de 25% no número de servidores, foi reconhecida por Cravinho, segundo informou o MDIC.