Preço do etanol cai em 12 Estados na semana encerrada em 30/9

Economia

Preço do etanol cai em 12 Estados na semana encerrada em 30/9

No período de um mês os preços do etanol subiram em 17 Estados e no Distrito Federal, ficaram estáveis em Roraima e caíram em sete outros.

Os preços do etanol hidratado nos postos brasileiros recuaram em 12 Estados na semana encerrada em 30 de setembro, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Outras 13 praças e o Distrito Federal registraram alta. A ANP não divulgou dados sobre o Amapá, impedindo a análise.

Em São Paulo, principal Estado produtor e consumidor, a cotação média do hidratado apresentou alta de 1,35%, de R$ 2,442 na semana imediatamente anterior para R$ 2,475 o litro. No período de um mês, os preços do combustível subiram 2,99%. A maior baixa no preço do biocombustível na semana passada, de 8,38%, ocorreu em Goiás. A maior alta semanal, de 5,88%, foi registrada em Roraima.

No período de um mês os preços do etanol subiram em 17 Estados e no Distrito Federal, ficaram estáveis em Roraima e caíram em sete outros. Sem dados para comparar, não há análise do comportamento dos preços no Amapá no período. O maior recuo mensal, de 7,60%, ocorreu em Goiás. Já a maior alta, de 5,44%, foi registrada no Amazonas.

No Brasil, o preço mínimo registrado na semana passada para o etanol foi de R$ 2,179 o litro, em São Paulo, e o máximo foi de R$ 4,199 o litro, no Rio Grande do Sul. O menor preço médio estadual foi de R$ 2,463 o litro, em Mato Grosso, e o maior preço médio ocorreu no Acre, de R$ 3,629 o litro.