• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Atento às necessidades do público, Sicoob ES é parceiro dos associados

Marcas ÍCONES 2020

Economia

Atento às necessidades do público, Sicoob ES é parceiro dos associados

Os associados participam dos resultados e dispõem de tecnologia que facilita a movimentação financeira

Foto: Divulgação

O Sicoob é o maior sistema cooperativo de crédito do país. Aberto a empresas e a pessoas físicas, trabalha com produtos e serviços tipicamente bancários, com custos menores do que os do mercado. Os associados, que são donos do negócio, participam dos resultados e dispõem de tecnologia que facilita a movimentação. Além disso, têm a mesma segurança que os clientes de bancos comerciais, por meio do Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop).

Com operação no Espírito Santo e no Rio de Janeiro, o Sicoob ES tem mais de 365 mil associados. São sete as cooperativas filiadas: Norte, Leste Capixaba, Centro-Serrano, Sul-Serrano, Sul, Sul-Litorâneo e Sicoob Credirochas. O sistema atua em todo o Brasil, com 3,3 mil unidades, e atende 4,7 milhões de associados.

Para o presidente da instituição, Bento Venturim, para ser uma marca reconhecida, é preciso estar atenta à necessidade do público, propiciando soluções que supram essas demandas de forma efetiva. “Essa atividade é fortalecida no relacionamento com os nossos associados, de forma presencial e virtual, em que mostramos as vantagens do Sicoob em relação às instituições convencionais. O Sicoob ES se posiciona como parceiro de seus associados e da sociedade, por isso, principalmente neste cenário, nosso papel é ainda mais importante na oferta de soluções financeiras no atendimento das demandas das pessoas e empresas. A escolha do Sicoob pelas pessoas demonstra a concretização do ideal de nos manter próximos quando o cooperado precisa”, destaca.

De acordo com Bento, é de extrema importância ampliar a transparência desse empreendimento coletivo que é o Sicoob ES, divulgando seu trabalho como agente transformador dos locais em que está inserido. Nisso, a comunicação tem papel preponderante, na medida em que apresenta à sociedade os resultados de uma atuação comprometida no benefício de todos os associados.

Também o investimento em tecnologia da informação tem sido crescente no Sicoob nos últimos anos, com o aperfeiçoamento dos canais digitais para estreitar o relacionamento com os cooperados. Neste cenário, foi necessário fazer adaptações para propiciar o atendimento completo de forma não-presencial, prezando pela segurança e pela saúde dos cooperados e colaboradores.

“O Sicoob ES tem se posicionado como parceiro da sociedade, atendendo as necessidades e atuando para auxiliar as pessoas e empresas prejudicadas pela pandemia. Desde março último, foram diversas medidas para beneficiar os associados, como a prorrogação e a renegociação de dívidas e a liberação de novos créditos. Além disso, também estamos atuando com linhas para empreendedores e para a manutenção de empregos. Ao todo, são mais de R$ 3 bilhões disponibilizados em favor dos associados. A adaptação para o atendimento incluiu o aperfeiçoamento dos aplicativos e do internet banking, a contratação de produtos e serviços pelos canais digitais e o atendimento agendado para as pessoas que necessitam ir à agência. Também temos mantido grande parte da equipe em regime de home office, principalmente os componentes que fazem parte do grupo de risco”, ressalta Bento.

A despeito do momento desafiador, a cooperativa continua crescendo, gerando bons resultados e, principalmente, conseguindo atender os associados de forma plena. Seu capital social já soma mais de R$ 1,9 bilhão, e o número de associados ultrapassa os 365 mil. O Sicoob ES segue ainda com seu plano de expansão, com o planejamento de abertura de novas agências na Grande Vitória e no interior do estado.

Além disso, até julho, foram inaugurados novos pontos de atendimento em Cariacica, Vitória, Vila Velha e Domingos Martins, sendo os três últimos de forma virtual. A expectativa é de continuar contribuindo, com a liberação de crédito, para a retomada do crescimento da economia regional, que deve ocorrer nos próximos meses.