• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

China: yuan tem maior queda desde agosto e maior taxa de paridade desde 2005

Economia

China: yuan tem maior queda desde agosto e maior taxa de paridade desde 2005

O Banco do Povo da China (PBoC, o banco central do país) estabeleceu a taxa de paridade central em 6,3154 yuans por dólar, ante 6,3495 yuans na sessão anterior

O yuan recuou mesmo com o governo central ter guiado a moeda local para cima Foto: Divulgação

Xangai - O yuan fechou com queda de 0,46% nesta segunda-feira, marcando a maior retração em um dia frente ao dólar desde que as autoridades chinesas desvalorizaram a moeda em agosto. O dólar avançou para 6,3379 yuans, comparado ao fechamento de 6,3175 yuans de sexta-feira.

O yuan recuou mesmo com o governo central ter guiado a moeda local para cima por meio da taxa de referência diária.

O Banco do Povo da China (PBoC, o banco central do país) estabeleceu a taxa de paridade central em 6,3154 yuans por dólar, ante 6,3495 yuans na sessão anterior. O valor é 0,54% maior do que a taxa de referência diária de sexta-feira, atingindo a maior taxa de paridade desde 2005. Fonte: Dow Jones Newswires.