Opep está otimista com acordo de corte na produção de petróleo até novembro

Economia

Opep está otimista com acordo de corte na produção de petróleo até novembro

Redação Folha Vitória

Londres - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) expressou confiança de que o cartel conseguirá chegar a um acordo de corte na produção de petróleo até o fim de novembro. A declaração, no entanto, não foi suficiente para conter a queda dos preços dos barris, que acumulam perdas de quase 8% desde o fim de semana. Às 13h58, o petróleo Brent para janeiro caía 0,28%, a US$ 46,72 por barril, enquanto o WTI para dezembro recuava 0,73%, a US$ 45,02.

Em setembro, uma reunião informal da Opep realizada em Argel teve como desfecho um acordo preliminar que corta a produção dos membros do cartel para uma faixa entre 32,5 milhões e 33 milhões de barris por dia (bpd).

"Nós permanecemos profundamente otimistas com a possibilidade do acordo firmado em Argel ser complementado por uma ação precisa e decisiva entre todos os produtores", diz a declaração da Opep.

Nos últimos dias, o Iraque, segundo maior produtor do bloco, afirmou que iria pedir para não ser incluído no acordo, pois não poderia ser dar ao luxo de perder receita enquanto trava uma guerra contra o Estado Islâmico. Fonte: Dow Jones Newswires.