• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

China dará a investidores estrangeiros maior acesso a setor financeiro

Economia

China dará a investidores estrangeiros maior acesso a setor financeiro

Pequim - A China irá conceder a investidores estrangeiros maior acesso a seu setor financeiro, afirmou hoje Zhu Guangyao, um vice-ministro de Finanças do país.

Durante coletiva, Zhu afirmou que a China irá permitir que companhias estrangeiras tenham participações de até 51% em firmas chinesas de valores mobiliários, de gestão de ativos e de futuros. O limite atual de investimento externo no setor é de 49%.

Já o teto de 51% será totalmente removido três anos depois de entrar em vigor, acrescentou Zhu.

A China também vai eliminar os tetos para investimentos estrangeiros em bancos locais. Pela legislação atual, um investidor estrangeiro individual pode deter fatia de até 20% em um banco chinês, enquanto o limite de participação para um grupo de investidores em um único banco é de 25%.

Ainda segundo Zhu, Pequim também acabará com o limite de 51% para investimentos de estrangeiros em seguradoras chinesas, em até três anos, e abolir todas as restrições a capital externo no setor no período de cinco anos.

As limitações existentes têm excluído estrangeiros dos lucrativos mercados chineses de ações e bônus, assim como da gestão de fundos de clientes ricos.

Em junho, o presidente do banco central chinês (PBoC), Zhou Xiaochuan, indicou que Pequim vinha trabalhando em planos de permitir maior participação de investimentos externos no setor financeiro chinês, que hoje é dominado por estatais chinesas. Na ocasião, Zhou argumentou que o excesso de protecionismo enfraqueceria a indústria e geraria instabilidade financeira. Fonte: Dow Jones Newswires.