Artigo: Soft Skills - habilidades interpessoais hipervalorizadas na era digital

Transformação Digital

Economia

Artigo: Soft Skills - habilidades interpessoais hipervalorizadas na era digital

Por Fernanda Sabra, neuropsicóloga e CEO do site Accerta*

Foto: Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal


As habilidades interpessoais estão ganhando destaque, principalmente no momento da contratação.

No Brasil, 53 milhões de pessoas deixarão de conquistar um emprego por falta de atualização ou adaptação à nova realidade de um mercado, onde quase tudo poderá ser executado por robôs ou softwares automatizados.

Precisamos de fato, evidenciar e fazer aquilo que os robôs não são (ainda) capazes de fazer.

Mas se o foco estiver em desenvolver todas as habilidades interpessoais hiper valorizadas nessa era digital -as chamadas soft skills, correremos o risco de equalizar, continuarmos medianos e menos competitivos.

Veja alguns exemplos de softskills:

BOA ORATÓRIA, tem grande importância quando além da boa dicção, a pessoa usa corretamente as palavras e sua pronuncia, sabendo evidenciar os conhecimentos que tem de maneira segura e com capacidade de convencimento.

FLEXIBILIDADE é adaptar-se a situações variadas com diversos indivíduos ou grupos,;é ter facilidade em ajustar-se ás mudanças repentinas e compreender opiniões diferentes e até opostas às suas.

ABERTURA À EXPERIENCIA, ter uma atitude de busca de nova informação para alcançar e atingir novos objetivos.

CRIATIVIDADE,anda de mãos dadas com a inovação. Está ligada a imaginação, idealização e envolve muito a nossa capacidade de abstração.

NEGOCIAÇÃO habilidade para argumentar de forma clara e coerente, conciliando posições e buscando acordos que tragam benefícios para todos os lados envolvidos. É também a capacidade de fazer parcerias,alianças ou associações.

MANEJO EMOCIONAL é manter o mesmo desempenho mesmo estando sob pressão

INTELIGENCIA RELACIONAL reconhecer de maneira precisa as necessidades na interação com as pessoas que se relaciona, se adaptando de maneira diplomática, efetiva e assertiva.

Agora conheça faça uma autorreflexão, identificando quais são as sua habilidades interpessoais mais naturais, as que foram bastante utilizadas por você nas situações onde obteve algum sucesso profissional.E Entenda que o fundamental é continuar essa busca pelo autoconhecimento, seja por ferramentas de Assesment, Coaching e/ou Terapias Cognitivas Comportamentais, para desenvolver e investir alto nas habilidades com maior potencial de “virar talento”. O seu talento é o seu diferencial!

E hoje “a força está nas diferenças,não nas semelhanças”,como diz Mauricio Benvenutti no seu mais novo livro, Audaz, da editora Gente.

* Accerta, empresa que faz a ponte virtual entre o empregador e as pessoas que estão em busca de uma oportunidade.