Saiba o passo a passo para abrir o próprio negócio

Economia

Saiba o passo a passo para abrir o próprio negócio

De acordo com dados da Junta Comercial, em 2021 o Espírito Santo teve mais de 15 mil abertas. O número representa um recorde desde 2010

Gabriel Barros

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução/ Pexels

Você já pensou em abrir o próprio negócio? Segundo dados da Junta Comercial do Espírito Santo, os capixabas estão investindo cada vez mais em um negócio próprio. 

O número de empresas abertas no Estado nos dez primeiro meses de 2021 já bateu recorde desde 2010. De acordo com os dados da Junta Comercial, 15.602 aberturas de empresas já foram registradas neste ano. 

O maior número, até então, havia sido registrado ao longo dos dozes meses de 2010, quando foram abertas 14.922.

Considerando o número de microempresários, o número de novas pessoas no mundo dos negócios salta para mais de 50 mil em 2021. 

Entre janeiro e agosto deste ano, foram abertas 52.998 empresas no Espírito Santo. O número só é menor que 2020, quando foram abertas 59.836, e 2019, quando 54.073 novas empresas foram abertas no Estado.

Para o analista do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Espírito Santo (Sebrae-ES), Rafael Botelho, as mudanças sociais e econômicas provocadas pela pandemia da covid-19 podem ter relação com o crescimento do número de novas empresas.

"Na pandemia teve uma mudança de paradigma que afetou positivamente para o surgimento de negócios. As pessoas começaram a rever os negócios ou atuarem em novas áreas. O comércio online, a alimentação e os serviços de entrega foram algumas áreas que registram crescimento", disse.

Para ajudar quem pretende começar ou se tornar dono do próprio negócio, Botelho separou, a pedido do Folha Vitória, algumas dicas e o passo a passo para ajudar você a entrar neste universo.

Veja o passo a passo para abrir a própria empresa

PLANEJAMENTO

Especialistas na área são unanimes ao afirmar que o planejamento é um ponto primordial para quem deseja entrar e ter sucesso no mundo dos negócios. Segundo Botelho, esta fase requer alguns critérios como: 

- Definir a ideia;

- Criar um modelo de negócio;

- Saber como irá atuar (loja online ou física);

- Fazer testes. Testas os produtos com os clientes para ter parâmetros para tomada de decisões;

- Pensar estratégias de marketing. 

INVESTIMENTO

De acordo com o analista, antes de investir qualquer quantia no negócio é preciso ter todo o planejamento definido, fazer testes com os consumidores, entender como funciona o mercado que se pretende ingressar para, só então, pensar em investimento. 

"É preciso fazer um plano de negocio para ajudar nesse passo a passo. Antes de abrir o negócio, não dá para investir nada. É preciso ter planejamento, fazer testes, entender o mercado. Tem que ter o pé no chão", disse. 

FORMALIZAÇÃO DO NEGÓCIO

Botelho lembrou que a formalização do negócio é uma etapa importante, mas as pessoas precisam ter os objetivos e planejamento bem definidos antes de seguir para esta etapa. 

A formalização do negócio varia dependendo do tipo (empresa, microempresa ou microempreendedor individual).

ABERTURA DE EMPRESAS E MICROEMPRESAS

Para a abertura de uma empresa ou microempresa, Botelho lembra que é importante buscar um contador, que é profissional habilitado para a realização do processo de abertura das empresas.  

Custos

Para regularizar a abertura de uma empresa ou microempresa, o novo empresário terá que desembolsar uma quantia para a contratação do contador, além de pagar as taxa de abertura da empresa. Segundo o analista, geralmente, as taxas são cobras juntamente com os serviços do contador.  

ABERTURA DO MEI (MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL)

Para a abertura do MEI (Microempreendedor Individual), Rafael lembra que o processo é mais simples e menos burocrático, basta a pessoa procurar uma unidade do Sebrae-ES e assistir uma palestra. 

Custos

O serviço é gratuito. Não há custos para abertura do MEI.

Documentação necessária 

É necessário apresentar os documentos básicos como CPF, RG, comprovante de residência, título de eleitor e, caso a pessoa declare o imposto de renda, deverá apresentar as declarações.

PREPARAÇÃO

O analista lembra que vários cursos são ofertados gratuitamente pelo Sebrae-ES para ajudar quem busca se profissionalizar e desenvolver técnicas para administrar um negócio.

Além disso, as pessoas que têm boas ideias, mas não sabem como tirá-las do papel podem buscar dicas no canal "Geração Empreendedora", do Jornal da TV Vitória

LEIA TAMBÉM: Jovens representam quase um quarto dos empreendedores do ES

Com uma linguagem simples e objetiva, o administrador e empreendedor Fernando Gregório traz vídeos temáticos três vezes na semana. Nos vídeos, ele compartilha suas experiências no mundo dos negócios, além de trazer ideias e dicas para quem quer empreender.

Em um dos vídeos desta semana, Fernando dá dicas de filmes que podem ser uma boa fonte de inspiração. Que tal aproveitar o fim de semana para maratonar e começar a próxima semana cheio de ideias para empreender?