• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Folha de pagamento real da indústria recua 0,8% em outubro, revela IBGE

Economia

Folha de pagamento real da indústria recua 0,8% em outubro, revela IBGE

Rio - O valor da folha de pagamento real dos trabalhadores da indústria diminuiu 0,8% em outubro ante setembro, quarto resultado negativo consecutivo, período em que acumulou redução de 5,3%. Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal: Emprego e Salário, divulgada nesta sexta-feira, 18, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em outubro, houve influência negativa tanto da indústria de transformação (-1,0% na folha ante setembro), que permaneceu apontando taxas negativas pelo décimo mês seguido, quanto do setor extrativo (-2,4%). Na comparação com outubro de 2014, a folha de pagamento real recuou 10,3%, décima sétima taxa negativa consecutiva e a mais intensa desde o inicio da série histórica, em 2001.

No acumulado de janeiro a outubro de 2015, o valor da folha da indústria teve redução de 7,1%. Em 12 meses, houve retração de 6,6%, o resultado negativo mais intenso desde o início da série.

Horas pagas

O número de horas pagas aos trabalhadores da indústria recuou 0,9% na passagem de setembro para outubro, a oitava taxa negativa consecutiva, acumulando uma perda de 7,1% no período.

Na comparação com outubro do ano anterior, o número de horas pagas aos trabalhadores da indústria mostrou redução de 8,1% em outubro deste ano, a vigésima nona taxa negativa consecutiva neste tipo de confronto e a mais intensa desde o início da série histórica.

O índice acumulado de janeiro a outubro de 2015 teve retração de 6,5%. No acumulado em 12 meses, as horas pagas diminuíram 6,4% em outubro, o resultado negativo mais intenso também desde o início da série histórica.