Levy diz que maneira de fazer inflação convergir para a meta é acertar o fiscal

Economia

Levy diz que maneira de fazer inflação convergir para a meta é acertar o fiscal

Redação Folha Vitória

São Paulo - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, afirmou nesta sexta-feira, 4, que a única maneira de fazer a inflação convergir para a meta é acertar os desequilíbrios fiscais do governo, mas não se arriscou a dizer quando isso irá ocorrer.

Em entrevista à GloboNews, Levy afirmou que viu no comportamento da inflação uma tendência de convergência para a meta até agosto. "Mas aí vieram as incertezas sobre o orçamento, o dólar começou a andar e a previsão de inflação começou a derrapar outra vez", disse.

Questionado sobre o aumento do desemprego, o ministro disse acreditar que a tendência é o desemprego começar a cair depois de "um tempo", quando as medidas de crescimento surtirem efeito. "Se a gente não fizer nada, ficar só lendo jornal e achar que vai ficar pior, o desemprego vai crescer sim. Todo mundo tem de agir", disse.

O ministro reconheceu ainda que o ano de 2015 foi "atípico", com uma série de questões políticas e razões não econômicas que postergaram as medidas de ajuste da economia. "Temos como superar essas situações atípicas, se o governo for claro nas suas políticas", ressaltou.

Levy reafirmou ainda a necessidade de criar um novo plano para a infraestrutura e de reformas que "vão permitir ao Brasil voltar a crescer". "A melhor maneira de prever o futuro é construir esse futuro", disse.