• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Modal Asset: aumento no transporte em SP deve ter impacto de 0,07 p.p a inflação

Economia

Modal Asset: aumento no transporte em SP deve ter impacto de 0,07 p.p a inflação

São Paulo - O reajuste de 8,57% nas tarifas de transporte urbano na capital paulista, a partir do próximo dia 9, deve ter impacto de 0,07 ponto porcentual no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de acordo com cálculos da Modal Asset Management. O efeito será disseminado entre a inflação de janeiro e a de fevereiro, sendo a maior influência no IPCA do primeiro mês de 2016, conforme a Asset.

Como o aumento passa a valer no dia 9, o IPCA-15 de janeiro já deve sentir os primeiros efeitos da alta, segundo a Asset. A maior influência deve advir do reajuste nas tarifas de ônibus urbano, por ter o maior peso na composição do IPCA, de 2,56%, contra cerca de 0,07% de metrô e de 0,06% de trem.

Com o reajuste, a equipe econômica da Asset não descarta a possibilidade de o IPCA de janeiro romper a marca de 1,00%. Por enquanto, a estimativa para o índice fechado do primeiro mês de 2016 está em 0,95%. Além da influência de alta do grupo Transportes na inflação do começo do ano, a Modal lembra ainda da pressão extra do conjunto de preços de alimentos no início de 2016, que tende a continuar, devido às incertezas em relação ao fenômeno El Niño sobre os preços.