Produção de petróleo e gás ficou estável em outubro ante setembro, informa ANP

Economia

Produção de petróleo e gás ficou estável em outubro ante setembro, informa ANP

Já a produção de gás em outubro foi de 97,6 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d), um aumento de 0,2% frente a setembro, e de 5,3% na comparação com o mesmo mês de 2014

Redação Folha Vitória
A produção de petróleo e de gás natural no Brasil foi de 3,020 milhões de barris por dia em outubro Foto: Divulgação

Rio - A produção de petróleo e de gás natural no Brasil foi de 3,020 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe) em outubro. Apenas a produção de petróleo foi de 2,4 milhões de barris por dia (bpd), considerada estável pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Ante o mês anterior e também em comparação a igual mês de 2014, o crescimento foi de 0,5%.

Já a produção de gás em outubro foi de 97,6 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d), um aumento de 0,2% frente a setembro, e de 5,3% na comparação com o mesmo mês de 2014.

No pré-sal, foram produzidos 809,8 mil bpd de petróleo e 31,1 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d) de gás natural, totalizando 1,005 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), uma redução de 2,3% em relação ao mês anterior.

Em comunicado, a ANP informou ainda que o aproveitamento de gás natural no mês foi de 95,8%. A queima de gás em outubro foi de 4,1 milhões de metros cúbicos por dia (m3/d), uma redução de 15,7%, se comparada ao mês anterior, e um aumento de 5,8% em relação ao mesmo mês em 2014.

A maior parte da produção, 93,3% do petróleo e 76,2% do gás natural, ocorreu em campos marítimos. A Petrobras respondeu por 93,2% do total. O campo de Lula, na Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás natural, produzindo, em média, 331,3 mil bpd de petróleo e 15,7 milhões de m3/d de gás natural.