Nowotny, do BCE, diz que problemas na Itália são de bancos específicos

Economia

Nowotny, do BCE, diz que problemas na Itália são de bancos específicos

Redação Folha Vitória

Viena - Ewald Nowotny, integrante do conselho diretor do Banco Central Europeu (BCE), disse hoje que bancos específicos da Itália têm problemas, mas não o setor bancário do país como um todo, e que esses problemas são gerenciáveis.

Nowotny, que falou durante coletiva de imprensa em Viena, fez o comentário após a rejeição de uma proposta constitucional do governo italiano em referendo realizado ontem.

Para alguns analistas, a vitória do "não" no referendo pode dificultar os esforços de alguns bancos italianos de levantarem capital.

"É preciso ver as coisas com a dimensão correta. Esses são problemas de bancos específicos. Não é um problema de todo o sistema bancário", disse Nowotny, que também é presidente do Banco Central da Áustria. "E, no meu ponto de vista, esses são problemas que podem ser resolvidos."

Nowotny avaliou também que não vê a possibilidade de a Itália eventualmente deixar a zona do euro. Diante da derrota no referendo, o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, anunciou que renunciará ao cargo, fortalecendo a posição de populistas contrários à permanência do país na zona do euro. Fonte: Dow Jones Newswires.