Previ esclarece que não terá membros no comitê contratados no mercado

Economia

Previ esclarece que não terá membros no comitê contratados no mercado

Redação Folha Vitória

São Paulo - O fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, a Previ, esclarece que seu Comitê de Auditoria não terá membros contratados no mercado e será formado por técnicos e conselheiros da própria entidade.

Em reunião na última sexta-feira, 15, o conselho deliberativo do fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, a Previ, aprovou a criação de um comitê de auditoria, que funcionará como um assessor na avaliação de auditorias realizadas internamente e por escritórios independentes. Atuará também na revisão das demonstrações contábeis.

Com a criação do comitê, a Previ quer estar em linha com o Conselho Nacional de Previdência Complementar, que propõe que todo fundo de pensão conte com um órgão de controle sem previsão legal.