Brendo Bremenkamp: “O líder é tão humano quanto qualquer colaborador”

PRÊMIO LÍDER EMPRESARIAL

Economia

Brendo Bremenkamp: “O líder é tão humano quanto qualquer colaborador”

A Casa do Serralheiro é uma organização nova, rumo ao crescimento, cujo nome deixa clara a vocação da empresa e estabelece uma forte identidade com o segmento em que atua

Foto: Vitor Machado e Everton Nunes

Brendo Bremenkamp é diretor-executivo na Casa do Serralheiro, empresa pertencente ao Grupo Bremenkamp, com sede em Cariacica e fundada em 2010, sendo um importante elo entre as grandes usinas e os serralheiros, metalúrgicas, pequenas indústrias e demais interessados.

A Casa do Serralheiro é uma organização nova, rumo ao crescimento, cujo nome deixa clara a vocação da empresa e estabelece uma forte identidade com o segmento em que atua. A empresa transforma aço bruto em produtos para a construção, indústria e agronegócio para ajudar as pessoas a crescer e desenvolver o Brasil. Neste ano, foi aberta uma nova loja em Santa Maria de Jetibá.

Qual é o seu conceito de liderança?

Liderar é aguçar a paixão e inspirar as pessoas a reconhecerem a grandeza e a beleza que existe dentro delas mesmas.

Por que você foi considerado líder no seu segmento?

Meu segmento tem líderes grandiosos e fico feliz por representá-los aqui.

Quais são os pilares de uma liderança de sucesso?

Princípios como a gratidão, a compaixão, o mérito, a integridade e o desenvolvimento humano ajudam quando combinados com a resiliência e a paixão por fazer.

Quais são os maiores desafios e conquistas da liderança?

Os maiores desafios são interiores, saber lidar consigo mesmo, com nossos sentimentos programados, medo, angústia, ressentimento, tomar decisões conscientes num mundo desproporcionalmente veloz.

Como motivar pessoas e alinhar os propósitos dos colaboradores com os da empresa?

Alinhamento de propósito começa na criação do negócio, é uma atividade viva que evolui junto com a maturidade das pessoas e da empresa. Basicamente, o combinado não sai caro, e o combinado tem que ser bom para os dois lados.

Em que momento e circunstância o líder não pode errar? Por quê?

O líder é tão humano quanto qualquer colaborador e pode errar em qualquer momento. Ele não pode se manter no erro e deve se orientar por princípios sólidos para manter a integridade do negócio.

Este momento desafiador pelo qual estamos passando, por exemplo, pode servir como uma oportunidade para os líderes? Se sim, de que forma?

Como dizem, mares tranquilos não fazem bons marinheiros. Nesse momento fica muito evidente o bom trabalho de um líder.

Que comportamentos e atitudes caracterizam o líder do futuro?

O líder do futuro compreende o humano como um todo e cria em seu entorno oportunidades para que as pessoas se desenvolvam e se satisfaçam pessoal, social e profissionalmente. O líder do futuro se importa com as pessoas.

Que futuro você quer para você, sua empresa e seus liderados?

Eu busco gerar o máximo de oportunidades de crescimento, renda e alegria para o máximo de pessoas que puder.