Porto de Itaoca vai gerar até 2 mil vagas de emprego em Itapemirim

Economia

Porto de Itaoca vai gerar até 2 mil vagas de emprego em Itapemirim

A empresa Itaoca Offshore obteve a licença ambiental para a construção do empreendimento no último dia 06 deste mês. A operação do porto está prevista para 2016

A operação do Porto de Itaoca está prevista para 2016 Foto: Divulgação

A construção do Porto de Itaoca, em Itapemirim, região Sul do Espírito Santo, deverá gerar até mil empregos diretos, na primeira fase. A expectativa é de que as obras sejam iniciadas no mês de outubro deste ano. A empresa Itaoca Offshore obteve a licença ambiental para a construção do empreendimento no último dia 06 deste mês.

A operação do porto está prevista para 2016. Nesta fase, pelo menos dois mil postos de trabalho deverão ser gerados direta e indiretamente. De acordo com o secretário de municipal de Desenvolvimento Estratégico, Fábio Araújo, o objetivo é utilizar a mão-de-obra local.

“O município vem capacitando toda a população. Uma das condicionantes para a liberação da licença era de que a mão-de-obra interna fosse absorvida. Inicialmente oferecemos cursos para pedreiro e eletricista. Na segunda fase vamos oferecer outros cursos técnicos para a operação do porto”, explica.

De acordo com o secretário, a construção do porto favorece o crescimento da cidade, que já se prepara para o recebimento de grandes empresas do ramo de logística e hotelaria. “Muitas empresas da área de logística e até do comércio já entraram em contato conosco confirmado a instalação no município. Existem também representantes de grandes redes de supermercado e hotelaria, e estamos prontos para recebê-los”, diz.

O porto

O Itaoca Offshore está estrategicamente localizado no município de Itapemirim, litoral sul do Espírito Santo, a 130Km da Região Metropolitana de Vitória, e a 250Km da região de Macaé/RJ, maior pólo da indústria petrolífera offshore do Brasil.

Localizado a 23Km da rodovia BR 101, acesso que se dá através da rodovia ES 490, Itaoca Offshore tem capacidade para atender às bacias de Campos e do Espírito Santo.

Itaoca Offshore será um terminal privativo fora da área do porto organizado. Os investimentos são de aproximadamente R$ 450 milhões, com faturamento anual na ordem de R$ 250 milhões quando atingida a maturidade operacional.

Pontos moeda