Após polêmica Wesley Safadão doa cachê de Caruaru

Wesley Safadão
Compartilhe esta notícia

Depois de uma semana inteira de questionamentos e polêmica envolvendo o valor do cachê para festa de Caruaru (PE), Wesley Safadão doa o valor cobrado pela apresentação.

O moço realmente não é meias palavras, quase no fim do show realizado no último sábado, dia 25, em Caruaru, Pernambuco, Wesley Safadão fez desabafo para o público presente e garantiu que se o problema era o dinheiro, que ele doaria o cachê para as instituições de caridade da cidade pernambucana. O forrozeiro garantiu: “o dinheiro de Caruaru voltará para Caruaru” e depois afirmou que tocaria na cidade “até de graça”.

Tudo isso começou quando a justiça questionou o valor de R$ 575 mil reais cobrado pelo escritório do cantor para a apresentação no São João 2016 de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Uma ação popular impetrada por três advogados pediu o cancelamento do show, alegando suspeita de superfaturamento no cachê do artista. Depois disso, o juiz José Fernando Santos de Souza deferiu uma liminar para suspender o show de Wesley Safadão no evento, no mesmo dia, o desembargador José Viana Ulisses acatou o pedido da Prefeitura de Caruaru e decidiu que a apresentação deveria ser realizada. O Ministério Público Federal (MPE) também entrou na polêmica e chegou a questionar a diferença dos preços dos cachês cobrados em Caruaru e Campina Grande. Na Capital do Forró, o valor é de R$ 575 mil, já na cidade paraibana seria de R$ 195 mil – valor confirmado pela prefeitura de Campina e negado pela empresa que cuida dos shows do artista. Veja o vídeo do desabafo do nordestino:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *