George Michael ainda não teve funeral mais de um mês após sua morte

Entretenimento

George Michael ainda não teve funeral mais de um mês após sua morte

A imprensa britânica tem insistido que o artista tenha passado por uma recaída em seus vícios nos dias que antecederam a morte

Redação Folha Vitória
O cantor faleceu no Natal de 2016 Foto: Reprodução/Instagram

George Michael, que deveria estar enterrado ao lado da mãe em Londres, ainda não teve seu devido funeral. Isso porque, de acordo com o The Sun, a polícia ainda está aguardando o resultado dos exames toxicológicos do cantor, que morreu há mais de um mês, no Natal de 2016. Essa demora na liberação do corpo só tem aumentado as especulações sobre a causa da morte.

A imprensa britânica tem insistido que o artista tenha passado por uma recaída em seus vícios nos dias que antecederam a morte, baseando-se na declaração recente de seu amigo de infância, Andros Georgiou. Em entrevista ao Victoria Derbyshire Show, da BBC, ele disse acreditar que a morte foi um acidente e afirmou que drogas pesadas tinham voltado recentemente para a vida de George, sendo provavelmente a mistura dessas substâncias a causa de sua parada cardíaca.

Ainda segundo o The Sun, também o namorado do músico, Fadi Fawaz, tem sido questionado, já que foi ele a encontrar o corpo do cantor, apesar de amigos acreditarem que eles estavam separados há vários meses. Ele já foi interrogado pela polícia na época da morte para ajudar a preparar o relatório enviado ao legista. Pessoas próximas a George teriam dito que Fadi era um aproveitador e que o artista, apesar de ter consciência disso, apreciava qualquer companhia que fosse.