Processo contra o SBT em episódio de Maisa Silva e Dudu Camargo continua

Entretenimento

Processo contra o SBT em episódio de Maisa Silva e Dudu Camargo continua

Redação Folha Vitória

-

O Ministério Público do Trabalho em São Paulo (MPT-SP) abriu um processo contra a emissora SBT, de Silvio Santos. O MPT pede a condenação do canal e multa de 10 milhões de reais por danos morais coletivos após dois episódios ocorridos em sua programação: um onde Maisa Silva teria sido constrangida por Dudu Camargo no Programa Silvio Santos em junho de 2016, e o outro onde a assistente de palco Milene Regina Uehara (Milene Pavorô) teria sofrido agressão física e humilhação no Programa do Ratinho em abril de 2016.

E o processo, aberto em setembro de 2017, acaba de ganhar um novo capítulo. Segundo informações da colunista Mônica Bergamo, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) marcou para o dia 4 de junho a segunda audiência da ação aberta pelo MPT, que tramita na 6ª Vara de Osasco.

Procurada, a assessoria de imprensa do SBT não foi encontrada para comentar o caso.