• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sommerfest: Festival faz parte da história das famílias de descendentes alemães

Entretenimento

Sommerfest: Festival faz parte da história das famílias de descendentes alemães

Para abrir a série especial de matérias sobre a Sommerfest, apresentamos a história da Família Stein

Há 30 anos, a Sommerfest é realizada com o objetivo de homenagear os imigrantes alemães que chegaram à cidade serrana em janeiro de 1847. São diversas atrações para moradores e turistas, entre elas o Desfile Cultural. Desde que foi criado para celebrar a chegada das famílias alemães, o Festival conta com a participação da Família Stein. O pai da família, seu Adílio José Stein, foi convidado a fazer parte do evento, representando o Monumento ao Colono Imigrante no desfile nas primeiras edições do festival.

Durante anos, seu Adílio interpretou o marido do casal alemão que avistava as novas terras no horizonte. Há cinco anos, Paulo Roberto Stein, filho de seu Adílio, assumiu o posto do pai, que faleceu. No último ano, Paulo desfilou com a filha, de apenas 2 anos, que pôde interpretar a criança da família alemã.

A família de Paulo é descendente de alemães tanto por parte de pai (Stein) quanto pela parte da mãe (Christ) e ambas as famílias estão entre as 17 que vieram da Alemanha na época da imigração. Paulo conta que a família gosta muito de participar da Sommerfest. “Minha mãe desfilava pela terceira idade e minhas irmãs faziam parte do desfile, como crianças ou como esposas do casal alemão”, comenta.

Para Paulo, que acompanha a Sommerfest desde a criação do festival, o evento é importante porque retrata toda a luta que o imigrante teve, as dificuldades passadas por eles até chegarem na cidade serrana. “Tudo vem como uma lembrança positiva, lembrança de luta, de sofrimento, mas uma lembrança de que os objetivos foram atingidos. Aqui nessa região, eles transformaram tudo em coisa boa, por isso tentamos manter essa tradição”, conta.

Além de ser motivo de orgulho poder representar o marco da cidade, que tem representação em Campinho, Paulo se emociona ao lembrar a história por trás do personagem alemão. “Meu pai também representou o monumento no Desfile por anos. É muito emocionante poder fazer a mesma coisa que ele fazia. São momentos muito bons para lembrar dele”, afirma.

Recentemente, Paulo desfilou com a irmã, Zilda Stein, no monumento principal que abre o Desfile Cultural e anuncia que desfilará como o marido alemão novamente nesse ano durante a XXX Sommerfest, que acontece entre os dias 31 de janeiro e 3 de fevereiro. Além dele, as irmãs, esposa, filha e o enteado de Paulo também participam ativamente da Sommerfest e não vão perder a trigésima edição do festival.

Foto: Divulgação
Paulo Stein e a irmã, Zilda Stein, em Desfile Cultural de 2018