Ônibus e táxis serão reforçados no Carnaval para garantir a volta pra casa

Entretenimento

Ônibus e táxis serão reforçados no Carnaval para garantir a volta pra casa

As linhas extras ficarão em um ponto provisório, no canteiro central antes da rodoviária de Vitória. As viagens extras começarão a circular a partir das 20 horas

Quem pretende curtir o Carnaval de Vitória não precisa se preocupar com o transporte de volta para casa.  Além das linhas noturnas, haverá o reforço de outros seis ônibus para atender os passageiros na região do Sambão do Povo com percursos de acordo com as suas demandas.

As linhas extras ficarão em um ponto provisório, no canteiro central antes da rodoviária de Vitória, no sentido Santo Antônio-Centro. As viagens extras começarão a circular a partir das 20 horas, mediadas por fiscais, e funcionarão enquanto houver demanda. O ponto de ônibus da rodoviária ficará temporariamente desativado no período em que o ponto do Carnaval estiver funcionando.

Os ônibus noturnos vão funcionar normalmente por meio das linhas 130, 160 e 210. "Vamos trabalhar para garantir que todos possam voltar para seus destinos com tranquilidade e segurança utilizando o transporte público", afirmou o secretário municipal de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana, José Eduardo Oliveira.

Mais pontos de táxis

Dois pontos de táxis provisórios também foram preparados para atender os foliões durante os desfiles das escolas de samba do Carnaval de Vitória.

Um dos pontos fica no início da avenida Dário Lourenço de Souza, na altura do Tancredão, próximo à avenida Nair Azevedo. O ponto terá cerca de 200 táxis à disposição dos usuários.

Outro local onde será possível encontrar taxistas será na dispersão do Sambão, próximo ao Clube de Pesca Mar e Terra. Aproximadamente 20 táxis ficarão à disposição dos usuários durante os três dias de Carnaval de Vitória nesse local.

"Os táxis de Vitória estarão à disposição dos usuários, que podem cobrar o uso do taxímetro. Qualquer irregularidade pode ser informada a um dos fiscais que estarão nos pontos de táxis ou pelo Fala Vitória 156, informando o número do táxi, o ponto onde o taxista atuou e o horário", explicou José Eduardo.