Primeira fábrica de ladrilhos do Espírito Santo é tema de mostra em Cachoeiro

Entretenimento

Primeira fábrica de ladrilhos do Espírito Santo é tema de mostra em Cachoeiro

A fábrica tem 90 anos e faz parte da história da cidade. A exposição terá entrada gratuita e será aberta oficialmente na próxima terça-feira (7) e segue o fim de fevereiro

A fábrica artesanal de ladrilhos hidráulicos, considerada a mais antiga do Estado, será tema de exposição na antiga estação Foto: ​Divulgação

A fábrica artesanal de ladrilhos hidráulicos Grafanassi, fundada em Cachoeiro, em 1927 e considerada a primeira do ramo no Espírito Santo, será tema de uma exposição no Museu Ferroviário ‘Domingos Lage’. A abertura oficial será na próxima segunda-feira (6), às 19h30.

Fruto de projeto contemplado pela Lei Rubem Braga, de fomento à produção cultural no município, a mostra ‘A mais antiga Fábrica de Ladrilhos Hidráulicos’ ficará em cartaz da próxima terça-feira (7) até o fim do mês de fevereiro, com entrada franca. Nesse período, a visitação poderá ser feita de segunda a sexta, das 12h às 18h.

“Nossa proposta é contar a trajetória de uma indústria que ajudou a construir Cachoeiro, ornamentando os passeios da cidade”, explica a idealizadora do projeto, Luma Barros. 

Compõem a mostra, além dos famosos ladrilhos, peças de fabricação, fotos antigas da fábrica que, atualmente, funciona na avenida Mauro Miranda Madureira, no bairro Coramara, do fundador Manoel Constantino Grafanassi, nascido na Grécia, e de sua família. 

“Nosso objetivo é, também, compartilhar essa história com o público infanto-juvenil do município. Para isso, vamos trazer à exposição estudantes das escolas públicas”, completa Luma.