Procon-SP vai multar as empresas responsáveis pela turnê de Mariah Carey no Brasil

Entretenimento

Procon-SP vai multar as empresas responsáveis pela turnê de Mariah Carey no Brasil

Já a Ingresso Rápido diz que, mesmo já tendo repassado o dinheiro às produtoras, está ressarcindo os clientes e estuda processar as empresas. A Lens não respondeu.

O órgão indica que a Stage Entertainment, a Lens Events Foto: ​Divulgação

Segundo Monica Bergamo (Folha de São Paulo), o Procon-SP autuou as empresas responsáveis pela turnê da cantora no País. O jornal explica que as multas, que somadas devem passar de R$ 500 mil, são por prática abusiva.

A colunista relembra que os shows da americana seriam em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre em novembro, de 2016, e foram cancelados. O órgão indica que a Stage Entertainment, a Lens Events e a Ingresso Rápido não devolveram o valor dos ingressos aos consumidores.

Ainda segundo a publicação, a Stage diz que não houve descumprimento e que está dentro do prazo de defesa. A em presa culpa uma produtora chilena pelo cancelamento da tumê latino-americana, o que gerou "graves prejuízos financeiros e de imagem à Stage".

Já a Ingresso Rápido diz que, mesmo já tendo repassado o dinheiro às produtoras, está ressarcindo os clientes e estuda processar as empresas. A Lens não respondeu.

Com informações do Portal R7.