Produtor de Kill Bill pede desculpas para Uma Thurman, mas se defende: - Nunca escondi nada

Entretenimento

Produtor de Kill Bill pede desculpas para Uma Thurman, mas se defende: - Nunca escondi nada

Redação Folha Vitória

-

Recentemente, Uma Thurman quebrou o silêncio sobre o assédio de Harvey Weinstein e também falou sobre o acidente que sofreu no set de Kill Bill, em uma reportagem publicada no The New York Times no último fim de semana. E depois do diretor pedir desculpas publicamente pelo incidente, chegou a hora do produtor do filme, Lawrence Bender, falar sobre o assunto. Na última segunda-feira, dia 5, Uma novamente falou sobre a polêmica após a repercussão da entrevista, e ao postar o vídeo do ocorrido, não deixou de citar os nomes dos culpados:

O fato é inesquecível. Por isso eu asseguro que Lawrence Bender, E. Bennett Walsh e o notório Harvey Weinstein foram os principais culpados. Eles mentiram, destruíram evidências e continuaram a mentir sobre os prejuízos permanentes que causaram.

Em um comunicado enviado para o The Hollywood Reporter, Bender também se desculpou com a atriz, mas negou que tenha escondido as provas e ressaltou que sempre prezou pela segurança da equipe e elenco:

Lamento profundamente que Uma tenha sofrido a dor que ela teve, física e emocionalmente, durante todos esses anos, do acidente ocorrido no set de Kill Bill. A segurança dos profissionais que trabalham nos filmes que produzo é vital para mim e nunca quero deixar ninguém se machucar. Nunca escondi nada de Uma ou de qualquer outra pessoa, nem participei de nenhum acobertamento de qualquer tipo - e eu nunca faria isso. Fui informado sobre os sentimentos da Uma em relação a esse incidente há alguns meses atrás e fiz o meu melhor durante esse tempo para obter toda a informação verificável de todas as fontes relevantes que eu poderia e compartilhava com Quentin. Eu queria ter certeza de que ela tinha todas as respostas que ela estava procurando. Tenho um grande respeito por Uma Thurman, tanto como artista quanto como pessoa, e apenas desejo-lhe bem.