Entretenimento e Cultura

Juventude de Muquiçaba ganha título inédito do Carnaval de Guarapari

A escola de samba fará um desfile no próximo sábado (09) na Praia do Morro.

Foto: folha online
A apuração foi ontem no Complexo Maureci Santos. Fotos: Folha Online.

A noite foi de festa para a Escola de Samba Juventude de Muquiçaba. A agremiação foi a campeã do Carnaval de Guarapari, que pela primeira vez avaliou o desfile das escolas da cidade. A apuração aconteceu na tarde de ontem (06) no Complexo Esportivo e Cultural Maureci Santos, e deu à Mocidade Alegre de Olaria o título de segundo lugar, enquanto a Escola de Samba Acadêmicos do JK ficou em terceiro.

A Juventude de Muquiçaba ganhou o prêmio de R$ 20 mil e fará um desfile no próximo sábado (09) às 20h na Avenida Beira Mar, Praia do Morro. Edna Rodrigues, presidente da escola de samba, disse que o título foi merecido. “Tivemos muito trabalho, tanto na reta final como no decorrer do mês de janeiro e fevereiro, tivemos muitos problemas, mas vencemos” declarou.

Foto: folha online
Torcida da Juventude de Muquiçaba comemorando a vitória.

Com o tema voltado para a Bahia, a Escola de Samba Juventude de Muquiçaba desfilou com 450 componentes, duas alegorias e nove tripés. Vanessa dos Santos, que é ritmista na agremiação, falou sobre a experiência de ganhar o título inédito na cidade. “É uma sensação muito boa, eu estava torcendo para que a melhor ganhasse e a nossa bateria é nota dez. Pretendo continuar desfilando no ano que vem com meu filho que toca pandeiro”, destacou.

Foto: folha online
Vanessa dos Santos e o filho Luiz Paulo desfilaram com a Juventude.

As três escolas foram avaliadas por cinco jurados em nove quesitos, sendo eles, bateria, samba enredo, harmonia, enredo, fantasia, conjunto alegoria e adereços, mestre sala e porta bandeira, comissão de frente e evolução. A Juventude de Muquiçaba ficou com 263,9 na pontuação geral, enquanto a Mocidade Alegre de Olaria alcançou 263, 4 e a Acadêmicos do JK conquistou 157,6 pontos.

A Escola Acadêmicos do JK sofreu penalidade de 4,5 pontos por descumprimento do regulamento. Jorge Cabral, presidente da agremiação, disse que o momento foi de aprendizagem. “Nós entramos para competir. Ficamos em terceiro lugar, por causa de uns erros nossos, mas vai servir para que no ano que vem a gente venha melhor ainda” enfatizou.

A Juventude de Muquiçaba também sofreu penalidade e perdeu dois pontos, enquanto a Mocidade de Olaria perdeu 0,6 décimos. Edson Júnior, carnavalesco da escola Mocidade Alegre de Olaria, disse que também recebeu o prêmio com alegria. “Todo lugar é válido. Nós estamos aqui para o Carnaval, então tem que ter o primeiro, o segundo e o terceiro. O jurado é quem avalia, então na opinião dele a Juventude foi a melhor e nós temos que respeitar”, relatou.

Foto: folha online
A torcida da Mocidade Alegre de Olaria marcou presença na apuração.

Os jurados foram Bianca Vidal, Mariana Almeida, Marieli Gotardo, Viviane Lima e William Magalhães. De acordo com a secretária de turismo Letícia Regina, o objetivo do concurso é fomentar o Carnaval de Guarapari. “Como nós já temos a tradição de escolas de samba que desfilam todos os anos na cidade, a prefeitura quis criar a possibilidade de premiar a escola que tivesse o desempenho melhor, conforme a decisão dos jurados nos três dias, para que, com a premiação, as pessoas possam ficar mais engajadas ainda e possam promover o carnaval durante o ano inteiro”, explicou.

Foto: folha online
A escola vencedora ganhou um cheque de R$ 20 mil.

Texto: Sara de Oliveira

Pontos moeda