Lisa Henson está por trás da animação infantil "Doozers"

Entretenimento

Lisa Henson está por trás da animação infantil "Doozers"

São Paulo - Enquanto os Muppets, que ficaram no ar na TV brasileira nos anos 1980 e 1990, só queriam saber de se divertir, seus parentes distantes passam os dias na labuta. Os Doozers, aquelas criaturas verdes da animação homônima, exibida pelo Discovery Kids, de segunda a sexta, às 9 horas, são a última geração de personagens imaginada por Jim Henson (1936-1990), criador dos bonecos manipulados que se tornaram desenho.

Em todos os episódios, os Doozers fazem grandes obras e constroem traquitanas para tornar o dia a dia mais dinâmico. "Eles estão sempre fazendo coisas positivas para o mundo. As ações deles são para melhorar a vida, como fazer com que as pessoas não precisem mais usar carros, por exemplo", explica Lisa Henson, filha de Jim Henson e CEO da empresa que leva o nome do pai.

Na imaginação do autor, as criaturas da animação medem 4 cm e vivem em um mundo subterrâneo, bem próximo dos humanos. Lá, fazem experimentos, porém, levando em conta a sustentabilidade. "Era uma ideia antiga do meu pai. Eles são personagens interessantes, pois fazem essas construções, criaram uma sociedade e uma filosofia de vida. Foram dois anos tentando achar o tom para eles. Nossa equipe ficou pensando no que as crianças poderiam aprender com o desenho", disse Lisa, em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo por telefone.

Mesmo tendo desenvolvido Doozers para o mercado norte-americano, a executiva não acredita que o desenho se limite a questões de seu país. "Todas as nossas animações se adaptam bem internacionalmente. Doozers foi feito no Canadá. Não sei como ele é em brasileiro (sic), mas pode ser visto em qualquer lugar, até no Alasca. Queremos que seja universal", avalia ainda.

Apesar de as criações da Jim Henson Company serem rentáveis por causa dos licenciamentos, como já aconteceu com os Muppets e Muppet Babies, Lisa garante que os produtos não são prioridade da empresa. "Não é tão automático assim. Nós não fabricamos os brinquedos. Se o desenho é popular, os fabricantes nos procuram e fazem os brinquedos", defende.

Antes de retomar o negócio da família, Lisa Henson trabalhou por menos de uma década como produtora de filmes e programas adultos, como o longa Crimes em Primeiro Grau (2000), estrelado por Morgan Freeman, e a série Kingdom Hospital (2004), baseada em textos de Stephen King e parte dos episódios dirigidos por Lars von Trier. "Mesmo nos grandes filmes, eu nunca fiquei muito distante do mercado. Voltei a trabalhar com o universo infantil depois de ter filhos. Talvez meu pai tenha me influenciado", acrescenta Lisa Henson. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.