Atriz de 'Smallville' se declara culpada de participação em seita

Entretenimento

Atriz de 'Smallville' se declara culpada de participação em seita

Durante apresentação à Justiça americana, a atriz reconheceu o papel no grupo e lamentou que tenha prejudicado a família e outras pessoas

Foto: Reprodução / Instagram

Allison Mack, atriz que ficou conhecida após participação na série Smallville, se declarou culpada das acusações de participação em uma seita sexual. De acordo com informações publicadas pelo site TMZ, ela esteve no Tribunal do Distrito Leste de Nova York, nos Estados Unidos, no fim da manhã desta segunda-feira (8), e assumiu os crimes de extorsão e conspiração criminosa.

Durante apresentação à Justiça americana, a atriz reconheceu o papel no grupo e lamentou que tenha prejudicado a família e outras pessoas. “Devo assumir minha total responsabilidade pela minha conduta. Sinto muito pelo meu papel neste caso. Sinto muito por minha família e pelas pessoas boas que magoei”, disse Mack.

Os promotores do caso acusam Allison de recrutar escravos sexuais para o polêmico grupo Nxivm e o seu subgrupo, o DOS — conhecido como uma sociedade secreta formada apenas por mulheres.

A publicação americana diz ainda que a mudança nas denominações das acusações — antes apontada como líder do grupo — poderiam ser resultado de acordo entre os advogados de defesa e os promotores que cuidam do caso. A confissão ajudaria a amenizar as acusações contra ela.

Catherine Oxenberg, mãe de India Oxenberg — uma das vítimas —, lamentou as consequências à reputação da atriz após participação no grupo fundado por Keith Raniere. “A vida de Alison Mack está em ruínas e eu não posso deixar de sentir tristeza por ela. Ao mesmo tempo, ela deve ser parada. O que ela participou foi perigoso e criminoso”, disse à People nesta segunda.