Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil anuncia vencedores do Prêmio FNLIJ

Entretenimento

Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil anuncia vencedores do Prêmio FNLIJ

Redação Folha Vitória

- A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil anunciou os vencedores das 18 categorias do Prêmio FNLIJ, que desde 1975 reconhece os melhores projetos editoriais feitos para os pequenos leitores no País. Entre os premiados, Lúcia Hiratsuka, com Orie; Manu Maltez, com Desequilibristas; e O Livro Com Um Buraco, de Hervé Tullet. Reinações de Narizinho, clássico de Monteiro Lobato, repaginado pela Globo Livros, ganhou o Prêmio Especial/Criança.

O Prêmio Hors-Concours, entregue a autores e ilustradores mais votados na categoria e já premiados pelo menos outras três vezes em edições anteriores, ficou com Marina Colasanti, autora de Como Uma Carta de Amor.

A FNLIJ é a seção brasileira do International Board on Books for Young People (IBBY) e de 10 a 21 de junho ela realiza, no Rio, seu tradicional Salão do Livro Infantil e Juvenil. Nesta 17.ª edição, ele presta homenagem a países latinos - participam escritores da Argentina, Colômbia, Cuba e Venezuela, e aos 150 anos da publicação de Alice no País das Maravilhas. Haverá encontros de estudantes com escritores - já confirmaram presença nomes como Ana Maria Machado, Angela-Lago, Eliardo França, Daniel Munduruku, Eva Furnari, Roger Mello, Rui de Oliveira e Ziraldo -, feira de livros e debates voltados a pesquisadores e educadores.