• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Clint Eastwood critica a cultura do politicamente incorreto

Entretenimento

Clint Eastwood critica a cultura do politicamente incorreto

Clint apresentou um masterclass para a imprensa em que mostrou uma cópia restaurada de Os Imperdoáveis, em comemoração aos 25 anos do longa

Clint Eastwood foi homenageado no Festival de Cannes em 2017 Foto: Divulgação

Clint Eastwood foi homenageado no Festival de Cannes em 2017, e apresentou um masterclass para a imprensa em que apresentou uma cópia restaurada de Os Imperdoáveis, em comemoração aos 25 anos do longa. Mas foi sobre outro clássico que o ator e diretor criou polêmica durante o evento, de acordo com o The Hollywood Reporter:

Um dos personagens mais famosos de Clint Eastwood, os filmes protagonizados pelo inspetor Dirty Harry começaram em 1971 com Perseguidor Implacável, e as tramas violentas sobre policiais ajudou a consolidar a carreira de Clint. Mas segundo o astro, os longas não fariam sucesso caso fossem feitos hoje e criticou a cultura atual do politicamente correto:

- Muita gente já achava que era politicamente incorreto. Isso foi no início da era em que estamos agora com correção política. Estamos nos matando, perdemos nosso senso de humor. Mas eu acho que o filme é interessante e ousado.

Atualmente se dedicando a sua bem-sucedida carreira como diretor, ele falou também sobre seu próximo filme. The 15:17 to Paris contará a verdadeira história de três amigos americanos que sobreviveram a uma tentativa de ataque terrorista em um trem que saiu de Bruxelas, na Bélgica, com destino a Paris, em 2015.